May 29, 2014

e a marca mais reputada para 2014 é...

saiu a 4ª edição, o MRI - Marktest Reputation Index, um estudo da responsabilidade da Marktest e que tem como objetivo estudar e avaliar os níveis de reputação das marcas presentes no nosso mercado















e como o que é bom deve ser comemorado, ainda mais quando é sobre gestão de marcas como mandam as regras, e o fora da caixa =DD qual é a marca na categoria de fast food mais reputada em Portugal?



deixo-os o link para a noticia original aqui. São boas notícias =D 

May 25, 2014

uma selfie para uma internet mais segura

na era da selfies as pessoas expõem-se cada vez mais, mas isso não é um problema em si. Agora, é verdade que essas fotos podem facilmente ficar acessiveis na Internet, sem que as pessoas se apercebam. Diria que a grande maioria dos casos, sem qualquer efeito negativo. No entanto, nem sempre é assim, e há um target particularmente "sensivel" aqui, as crianças e os pré-adolescentes. A pensar nisso a associação brasileira SaferNet Brasil, pelas mãos da agência Propeg, criou uma campanha impressa que procura alertar para a facilidade com que essas imagens se podem espalhar

















os desafios na publicidade impressa prendem-se sempre com o facto de termos, de uma só vez, contar uma história que posicione o produto ou o serviço. São muito célebres os textos do David Ogilvy sobre o poder um um copy longo na publicidade impressa. É evidente que conseguindo que o leitor comece a ler, os beneficios de poder contar em texto uma história são enormes

o que eu gostei nesta imagem? a forma como conta, de forma visual, uma história. É evidente, é directa, a mensagem passa de uma só vez e de forma impactante. Mas... podia ter ficado muito, muito melhor! como? se tivesse usado na imagem o target a quem se destina, isto é, as crianças e os pré-adolescentes! porque uma criança ou pré-adolescentes que veja esta imagem não se vai identificar, vai dizer que "isso é coisa de adulto" e por isso "não tenho de me preocupar". Por sua vez o adulto vai olhar para esta imagem e dizer, "eu sou grande e sei cuidar de mim". Experimentem imaginar em vez da senhora um/a criança com os seus 10 - 12 anos, e do outro lado do espelho.... uma série de personagens suspeitas. O que vos parece?

May 22, 2014

premium low cost e alhos com bugalhos

faz tempo que foi lançada pela Best Travel uma campanha que introduz um posicionamento verdadeiramente inovador: o "premium low cost"

























e é tão inovador... como mau! mau porque não comunica verdadeiramente nada, afinal o que é uma coisa "premium mas barata"? e mau porque atira pedras a ambos os posicionamentos "premium" e "low cost", ao confundir tudo, nomeadamente a cabeça dos clientes

e lembrei-me de falar disto, porque a Seat acabou de fazer exactamente a mesma asneira, apesar de não usar o termo... mas mais valia. Numa campanha recente, e com bastante visibilidade exterior, lançaram o modelo Seat Ibiza FR, por apenas 15.600eur, chave na mão

























para quem não sabe, o "FR" é o modelo de topo da gama Ibiza! é como o Cupra para a gama Léon. Com todos os luxos e um motor que faz efectivamente as delícias dentro do segmento. Diria eu, o modelo premium da gama Ibiza. E o que é este "FR por 15 600 euros"? é o premium low cost =DDD ora, por fora é igual ao original, por dentro tem um "motorzeco" de 85 cavalos #LOL

agora digam-me, quem tem um verdadeiro "FR" como vai ficar ao ver isto? mais uma pedrada no "premium". Eu agora nunca compraria o original sabendo que andam para ai "FR's aldrabados". E por isso o titulo de "alhos com bugalhos"... que confusão

agora, a genialidade da Seat pode estar precisamente noutro lado, ao criar um modelo para um target que gosto de caracterizar como "quem quer mas não pode", e que em portugal deve ser significativo! já estou a ver "olhem para mim com um modelo TOP, olhem é um FR =D"... só não puxem é muito por ele na estrada =DD

comparando, era a mesma coisa que a LV a lançar um modelo de mala barato, uma coisa tipo premium low cost, para fazer concorrência às imitações chinesas #LOL estão a ver o que ia acontecer a quem realmente paga milhares de euros por uma LV não estão?

como já dizia o Diácono Remédios "não havia necessidade", não havia mesmo necessidade de andar a destruir posicionamentos, para em troca deixar esta confusão. Se fosse baralhar para dar de novo, mas com sentido? tudo bem! agora assim?

May 20, 2014

Puma 'HardChorus'
















em época de mundial, e numa altura que só se fala em bola, pedia-se este "repost". A ação é da PUMA, de 2010. Mas como referência criativa esta acção merece palmas: "let yout better half know how you feel"

para celebrar o dia dos namorados, e para mostrar que futebol e namoradas podem e devem ser celebrados em conjunto, a PUMA filmou no "The Pub Beehive" em Tottenham, um grupo de verdadeiros adeptos do clube local a cantar o "Truly Madly Deeply" dos Savage Garden, musica que dedicavam às suas namoradas



a acção é forte não é? a PUMA acertou em cheio no target, respeitando a cultura e todo o ambiente que rodea o futebol, não deixando ninguém de lado. Uma serenta pouco tradicional, verdade, mas bem impactante, não concordam?

vamos ver o que aparece neste mundial, mas estou com muitas expectativas =D

May 12, 2014

se o cliente não percebe, a culpa só pode ser dele

numa das minhas pesquisas habituais cruzei-me novamente com este cartoon... não resisti a partilhar aqui, pela relevância




















se o cliente está confuso, não percebe, e por isso não compra, a culpa só pode ser dele =DDD já estou a imaginar, se pudesse pôr um balão de pensamento no cliente, "e o burro sou eu?!" se os medicamentos têm bula, porque é que os produtos não podem ter o briefing criativo anexo? sucesso garantido! #LOL

sátira à parte, fica o cartoon para a reflexão! e antes de cada campanha volto a ele para ter a certeza que depois não tenho mesmo de anexar o briefing à embalagem =D

May 1, 2014

"'Not On App Store", um autocolante para as coisas que não podem ser instaladas

"Not On App Store" é um autuocolante que serve como um alerta de que "as coisas mais importantes na vida não estão na App Store"

projectado para se parecer com o logo da Apple "Disponível na App Store" , o autocolante também é uma sátira, e das boas, à nossa actual dependência da tecnologia e dos smartphones

o autocolante tem o preço de $1 cada (tudo tem um preço... até um autocolante para chamar a atenção para as coisas que realmente importam)... ou pode-se fazer "em casa" com o modelo fornecido aqui.






















é mais um aviso à navegação, que combina sátira e criatividade numa receita que funciona =D que acham?